Artigos

Tamanho da letra

Alimentação, beleza e sexualidade são motivos das principais dúvidas entre as gestantes

O período da gravidez é um momento muito importante para as futuras mamães. Nessa fase, a mulher pode ter que mudar completamente seu estilo de vida, pois é preciso tomar alguns cuidados para uma gestação tranquila e o nascimento de um bebê saudável. Para falar sobre algumas curiosidades desse momento tão especial, o Dr. José Bento de Souza, ginecologista e obstetra pós-graduado pela Universidade de São Paulo (USP) e autor de diversos livros – entre eles “Engravidar! Sim, é possível” –, responde a algumas das perguntas mais comuns sobre alimentação, cuidados com a beleza e sexualidade da gestante. Confira:

Alimentação

É necessário que a mulher mude os hábitos alimentares durante a gravidez?

Dr. José Bento – É fundamental que a mãe mantenha uma boa alimentação para garantir ao bebê todos os nutrientes essenciais, e assim ajudar no seu desenvolvimento e formação. A partir de uma nutrição adequada é que a mulher garante uma gestação mais tranquila, sem a ocorrência de anemias, hemorragias e diabetes gestacional. Desta forma, é importante que as mulheres acrescentem cerca de 300 calorias a sua dieta diária para nutrir o feto em desenvolvimento, preferencialmente distribuídas em cinco refeições (desjejum, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde e jantar), preparadas com ingredientes que são fontes de proteínas, ferro, cálcio e ácido fólico, preferencialmente com um baixo teor de gordura.

Além de uma boa alimentação, suplementos de vitaminas podem trazer benefícios à saúde da mulher grávida?

Dr. José Bento – O estado nutricional materno é fator determinante no desenvolvimento do feto, assim como no bem-estar da grávida. Mesmo em gestantes saudáveis, que se alimentam adequadamente, é possível que haja deficiência de micronutrientes (vitaminas e sais minerais). Desta forma, acrescentar suplementação de vitaminas passa a ser uma alternativa eficaz na redução significativa da incidência de malformações neurológicas, cardíacas, faciais, urinárias ou defeitos em membros. Além do mais, há evidências de que, a partir do uso de suplementos vitamínicos especiais para a gestante, pode haver diminuição da incidência de abortamentos, pré-eclâmpsia (pressão arterial elevada, retenção de líquidos e presença de proteína na urina, com sintomas que podem evoluir para convulsão e coma), diabetes gestacional, trombose e nascimentos prematuros.

Qual é o peso ideal de uma grávida ao final de uma gestação?

Dr. José Bento - O peso corporal de uma gestante pode variar entre nove e doze quilos a mais, comparado ao seu peso normal, isso para todo período da gestação. Esse aumento de peso pode ser de 1,5 a 2 quilos por mês após a 16ª semana.  Sendo assim, é importante que haja restrição ao consumo de alimentos calóricos, como refrigerantes, balas e doces industrializados.

Cuidados com a saúde e a beleza

Quais são os principais efeitos que a gravidez gera no corpo da mulher do ponto de vista fisiológico e estético?

Dr. José Bento – Nos três primeiros meses é comum que a mulher sinta mal-estar, como náuseas e vômitos. Além disso, prisão de ventre e inchaço nas pernas são outros sintomas que ocorrem neste período. O volume de sangue armazenado no corpo da mulher pode aumentar em até 50%. Outras mudanças são o aumento das glândulas mamárias, o aumento do útero que pode chegar a 40 cm (7 cm é o normal), e o aumento dos hormônios femininos (estrogênio e progesterona) em até dez vezes.

Grávidas podem fazer exercício físico?

Dr. José Bento – Como uma forma de ficar mais preparada para o parto, sofrer menos com inchaço e dores lombares durante a gestação, a adesão aos exercícios físicos torna-se uma importante ferramenta. No entanto, é importante que o médico seja consultado antes de a grávida iniciar qualquer atividade física. Também é preciso saber que o correto é a prática de exercícios físicos de baixo impacto, como caminhadas moderadas, alongamentos e hidroginástica. A prática da atividade física certa irá beneficiar o equilíbrio emocional da gestante, pois é um momento em que ela fica em contato com o próprio corpo, sentindo como o bebê reage aos seus movimentos.

Quais cuidados que a mulher pode ter com a beleza durante a gestação?

Dr. José Bento – Ter cuidado com a beleza no período de gestação influencia de forma positiva no emocional da mulher. Entretanto, é preciso que a atenção aos tipos de produto utilizados seja redobrada, isso para que não haja qualquer risco para o desenvolvimento do bebê. O aparecimento de estrias, geralmente, é o que mais preocupa as mulheres nessa fase. A estria pode aparecer no abdômen, nas mamas, nas nádegas e nas coxas, pois a pele fica mais fina e esgarça ao ser esticada. Uma boa alimentação, o acompanhamento pré-natal e o uso diário de hidratantes e emolientes de boa qualidade são importantes. Produtos como LUCIARA® (da Bayer HealthCare Pharmaceuticals) ajudam a prevenir o rompimento das fibras de colágeno da pele da gestante. Isso porque se trata de um hidratante para a prevenção de estrias, elaborado com os mais altos padrões de qualidade, em geral aplicados somente a produtos farmacêuticos, e é hipoalergênico, ou seja, apresenta uma formulação livre de corantes e perfumes. Como o produto é específico para a gestante, também não contém uréia, princípio ativo comum em hidratantes, mas que pode causar malformação do feto. O creme específico para a gestante forma uma película protetora e penetra nas camadas mais profundas da pele garantindo maior eficácia. Em geral, também não é indicado que as futuras mães utilizem produtos químicos como tinturas e descolorações, ou realizem procedimentos como permanentes ou alisamentos, principalmente nos quatro primeiros meses da gravidez, período em que ocorre o desenvolvimento da maioria dos órgãos do feto.

É comum que a grávida tenha queda e mudança no tipo de cabelo? Por quê?

Dr. José Bento – Devido ao aumento da taxa de hormônios femininos (estrogênio e progesterona) no corpo da gestante, que pode chegar a até dez vezes mais do que o normal fora da gravidez, o cabelo da mulher cresce em um ritmo diferente, ganha mais brilho e força. Em relação à queda de cabelo, ocorre geralmente após o parto, pois com o nascimento do bebê a mulher tem uma diminuição brusca dos níveis hormonais.

Qual é a recomendação para um sono mais tranquilo durante a gravidez? Existe uma posição ideal para dormir nessa fase? 

Dr. José Bento – É recomendável que as gestantes passem a dormir de lado, preferencialmente do lado esquerdo. Isso porque, com o crescimento do útero há uma pressão sobre a veia cava, que fica próxima ao lado direito do abdômen, o que impede o retorno correto do sangue dos membros inferiores. Dormindo para o lado esquerdo, a mulher facilita o fluxo sanguíneo e previne o inchaço.

Vida sexual

A rotina sexual da mulher deve ter alguma alteração?

Dr. José Bento – A rotina sexual da mulher durante a gravidez não deve sofrer alterações. O que pode acontecer são alguns cuidados especiais devido à preocupação da mãe e do pai, sobretudo, no final da gestação. Porém, se houver alguma indicação obstétrica, como suspeita de parto prematuro, placenta baixa (placenta prévia) ou sangramento, é importante que a mulher siga as orientações de seu médico. Além disso, é fundamental que a gestante converse bastante com seu parceiro para deixá-lo mais tranquilo e ciente do que ela está sentindo.

Com a gestação, a mulher perde a libido?

Dr. José Bento – Tanto o aumento quanto a diminuição da libido podem ocorrer. Com o aumento de até dez vezes dos hormônios femininos (estrogênio e progesterona), a mulher pode ficar mais sensível e ter mais vontade de manter relações com seu parceiro. Após o parto, a tendência é que a sua sensibilidade volte ao normal. Mais existe também a possibilidade tanto da mulher como do homem sentir a queda na libido com a notícia da gestação. Para a mulher, esse fato pode ocorrer devido a uma influência hormonal que afeta seu lado emocional. No caso do homem, essa diminuição de libido passa apenas por uma questão psicológica, pois ele pode começar a ver sua parceria com imagem de mãe, além de se preocupar, em muitos casos, em machucar o bebê.

Deve haver cuidados especiais na hora do sexo?

Dr. José Bento – Nos primeiros meses não há necessidade de mudanças nas relações sexuais, mas é importante que o casal se sinta confortável em manter a mesma intimidade e praticar as posições que desejam. No entanto, após o sexto mês é comum que haja alguns cuidados especiais. Neste caso, as posições mais indicadas acabam sendo quando a mulher fica de lado para o parceiro ou por cima. Porém, se houver algum incômodo ou dor, é importante que a gestante comunique seu parceiro e seu médico.





Fonte: Burson-Marsteller - Dr. José Bento de Souza, ginecologista e obstetra pós-graduado pela Universidade de São Paulo (USP) e autor do livro “Engravidar! Sim, é possível”


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 
IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380
Artigos Relacionados
:.
Comentários