Artigos

Tamanho da letra

Os novos tempos - Cabe a nós tomarmos a decisão

De tempos em tempos o fato se repete. Novas pessoas, sem saber porque, sem saber como, surgem com a mesma história. Uma história de busca incômoda mas insistente, que trás uma série de questionamentos, pois não sabem o que buscam e o que as incomodam. Não atentam, por não conhecerem os processos de encaixe dentro desta nova realidade, que o que sentem nada mais é do que o chamamento interno para um novo posicionamento. Não se trata de nenhum fenômeno mediúnico, de nenhum desequilíbrio emocional ou mental. Apenas está sendo oferecido a essas pessoas a oportunidade de redirecionarem suas vidas.
Cada um de nós, enquanto seres viventes no sistema evolutivo terreno, possui o dom do livre- arbítrio. Neste momento em que o chamamento interno se manifesta, a decisão final está entregue ao livre- arbítrio. É chegada a hora de decidirmos entre nossas emoções, nossa razão, puramente materiais e nossa intuição, aquela voz interna para a qual nunca demos maior atenção e que agora se manifesta com maior vigor. Esta manifestação, traduzida pelos questionamentos que agora nos incomodam, é o despertar de nosso Eu Interno, nos convocando para os novos tempos.
Durante dezenas, centenas ou mesmo milhares de vidas passadas, foi-nos dado oportunidades de crescimento interior. Em cada uma delas sempre aprendemos um pouco, mesmo que inconscientemente. Peculiaridades não bem resolvidas foram-nos reapresentadas, para que tivéssemos nova oportunidade para crescermos. Assim é o processo evolutivo no âmbito terreno. Ainda que nossa mente material não traga esses registros, nossa consciência cósmica está sempre registrando cada momento de nossa(s) existência(s). Como alunos da "Escola da Evolução", chega o momento em que devemos tomar a decisão sobre o que aspiramos para nosso futuro. Afinal, desejamos continuar no "curso básico" ou queremos participar de cursos mais avançados ?
Se estamos sendo "incomodados" por este chamamento é porque atingimos a "média mínima" para nos graduarmos. Cabe a nós tomarmos a decisão. Afinal, os novos tempos estão aí.
O desabrochar de nosso Eu Interno precisa ser auxiliado por nossa intenção de nos conectarmos com o Plano Superior e renunciarmos aos apelos de nosso ego. Se não fizermos um movimento de atenção ao chamamento interno, este continuará a insistir, nos apresentará sinais indicativos de sua presença, provocando nosso livre-arbítrio a tomar sua decisão.
Ao sentirmos a presença de nossa voz interna, devemos nos aquietar, deixar que ela se manifeste e nos indique o passo a tomar. Não devemos nos deixar seduzir por nosso ego, nem deixar que nossos pensamentos sejam poluídos pelo desânimo provocado pelas dificuldades que se apresentam em nosso cotidiano. As forças involutivas aí estão para nos desviar. No entanto, se REALMENTE desejamos nos coligar com o Plano Superior, devemos nos entregar com toda a fé a este objetivo, ditado pelo nosso íntimo com tanta força. Não devemos nos esquecer que até Sidarta, o Buda e mesmo Jesus, o Cristo, foram tentados pelas forças negativas. Eles nos deram o exemplo de perseverança e fé. Porque não seguirmos seus exemplos?





Texto de: Ronaldo Tikhomiroff


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 
IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380
Artigos Relacionados
:.
:.
:.
:.
:.
Comentários