RH

Tamanho da letra

Vida Profissional X Vida Pessoal

Gostaria de iniciar com uma pergunta a você, caro leitor! Você já reparou que seu comportamento muda quando você está em casa, no trabalho, com os amigos ou andando na rua entre desconhecidos? A que se deve esta mudança?

Podemos dizer que estas mudanças ocorrem porque cada um destes ambientes desperta diferentes facetas da nossa personalidade. Aliás, a palavra personalidade vem do grego “persona”, a máscara que era utilizada no teatro da época. Isto significa que temos uma série de “personas”, que utilizamos conforme a nossa necessidade.

Até aí, tudo certo. Inclusive porque todos vão achar um pouco estranho se você agir com seus colegas de trabalho da mesma maneira que age com seu filho de três anos, não é mesmo?

Mas é bom lembrar que, apesar de nossa personalidade ter facetas diferentes que usamos nas diversas situações, também somos seres com quatro esferas básicas de atuação: física, emocional, mental e espiritual.

Atuamos na esfera física com tudo o que tem a ver com os nossos cinco sentidos e o nosso corpo físico. Nossa aparência, gestos, tom de voz, maneira de se vestir, dinheiro, tudo aquilo que vemos, tocamos, ouvimos, etc...

Na esfera emocional atuamos em tudo o que tem a ver com emoções e sentimentos. O que sentimos pelas pessoas e pelas situações, o impacto emocional que causamos nos outros com nossas ações, nosso estado de humor e todas as conseqüências disto.

Quando tratamos da esfera mental, tratamos de idéias, planejamento, encontrar soluções para problemas e criar coisas novas. Para isto estudamos, nos especializamos neste ou naquele assunto, acumulamos conhecimento e passamos a contribuir com o nosso raciocínio para obter um determinado resultado.

A esfera espiritual muitas vezes é entendida como religião. Religião pode ser um dos pontos-de-vista da espiritualidade, mas não é tudo. Agimos espiritualmente toda vez que nos esforçamos para ver o todo onde uma ação nossa está inserida, quando tentamos ser pessoas melhores, quando nos aquietamos para ouvir o que o nosso coração está falando e seguimos este coração.

Quando pensamos em nossa vida pessoal, fica muito fácil perceber estas quatro esferas de atuação: estamos presentes fisicamente e interagimos com os outros para viver; amamos, detestamos ou somos indiferentes a determinadas pessoas, coisas ou tarefas. Temos idéias e aprendemos o tempo todo. E sempre estamos nos questionando sobre ser alguém melhor, ou pelo menos deveríamos fazer isto.

Porém, quando o assunto é vida profissional, muitas vezes as pessoas acham que devem viver apenas duas destas esferas: física e mental. Muita gente ainda tem a ilusão de que é possível ignorar os próprios sentimentos e os sentimentos dos outros no trabalho. E a espiritualidade, então? Muitos pensam que trabalho não é lugar para isto, é lugar apenas de produzir...

1-2 >


Texto de Paula Falcão


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 
IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380
Artigos Relacionados
:.
:.
:.
:.
Comentários