Radiestesia

Tamanho da letra

A Radiestesia e seu funcionamento

 

No passado a rabdomancia, denominação antiga da radiestesia na Europa, era vista como um fenômeno que ocorria sob a ação de forças sobrenaturais e, muitas vezes, a própria Igreja Católica considerou a radiestesia obra de feiticeiros, dizendo que as varetas dos rabdomantes eram movidas pelos demônios e desvirtuando e abafando sua aplicação por várias décadas.
A radiestesia em sua história sempre esteve envolta de uma atmosfera "mística", isto devido a incompreensão do mecanismo intrínseco desta técnica hiperestesica.
Algo que deixarei claro desde o principio é que a radiestesia não é mística, nada tem à ver com mediunidade ou com habilidades difíceis de se conquistar, esta habilidade na verdade é inerente ao ser humano e pode ser facilmente reativada, por qualquer pessoa, através de um treinamento adequado.
Muitas teorias e pesquisas foram feitas para explicar os movimentos dos pêndulos e das varetas de prospecção. Em 1939, com uso da câmara fotográfica lenta, demonstrou-se que o radiestesista cria, inconscientemente, o movimento pendular através de uma ação neuromuscular.
Nos anos 60, os russos passaram a pesquisar cientificamente a radiestesia e seu emprego em prospecções hidrominerais, na medicina, na espionagem e em outras áreas.
Na França, o físico Yves Rocard aplicou métodos científicos para estudar o fenômeno radiestésico e descobriu que o corpo humano possui sensores magnéticos que podem detectar variações de campo magnético. Em 1983, Rocard publicou o resultado de suas pesquisas no livro "Le pendule explorateur".
Segundo alguns cientistas e físicos quânticos, o universo é um holograma ou um padrão de interferência em que todas as partes estão interligadas (fractais), este campo virtual contém a informação sobre cada qual e, desse modo, sobre o universo inteiro. Tudo é vibração e fluxos de informações. Tudo irradia uma série de freqüências com longitudes e ondas, que nos rodeiam o tempo todo e estimulam de forma continua nossos biosensores que em nosso organismo se encarregam de codificar as informações, e assim, enviando ao nosso cérebro e esse emitindo ondas internas através do sistema nervoso.
Portanto, tecnicamente o fenômeno radiestésico consiste no seguinte: a mente do operador faz a busca no campo virtual (não linear), colhe nele a informação desejada (padrão escalar) e, a seguir, executa sua decodificação - esta parte não é percebida pelo operador que o faz inconscientemente. Essa decodificação é transformada através do cérebro em energia mecânica ao instrumento radiestésico utilizado. O movimento pendular ou de qualquer outro instrumento, permitirá tornar a informação consciente, através de um processo linear de perguntas e respostas pré-convencionadas por determinados movimentos do instrumento.
Resumindo: quando perguntamos ao pêndulo por um fato concreto ou subjetivo, estamos perguntando a nós mesmos, e a nossa capacidade de dialogar com tudo e com todos à nível hologramático, ou seja, nada de sobrenatural em tal coisa.

FONTES PARA CONSULTA:
O Grande Livro da Casa Saudável - Mariano Bueno - Ed. Roca
Radiônica - A Ciência do Futuro - Juan Ribaut - Ed. Roca

Texto de Luis Aurélio Fogazzi - E-mail: fogazzi@iconet.com.br
Gaúcho, pesquisador independente em várias linhas do conhecimento humano, radiestesista especializado em geopátias ambientais, feng shui, aplicação de métodos radiônicos e psicotrônicos e processos de despoluição vibracional, é fabricante de aparelhos baseados no campo Tachyon para aplicação terapêutica e técnica.







© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 
IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380
Artigos Relacionados
:.
:.
:.
:.
:.
Comentários