Homeopatia

Tamanho da letra

Viabilidade da homeopatia na medicina veterinária

A veterinária homeopática segue basicamente os mesmos princípios da medicina: vê o animal como um todo sustentado pela força vital. E, ao contrário do que muitos pensam, a homeopatia aplicada na veterinária é uma realidade que tem apresentado excelentes resultados práticos, desmistificando alguns conceitos e apresentando vantagens sobre a medicina oficial.

Dentro desta realidade, este artigo objetiva apresentar, em forma de itens, a aplicação e os benefícios da homeopatia na veterinária, mostrando sua viabilidade e reforçando suas vantagens sob o aspecto de cura e até mesmo financeiro.

I. Ação rápida e eficiente

Existe uma falsa crença que sugere ser o medicamento homeopático de ação lenta, razão pela qual o tempo de resposta do organismo para com o remédio deixaria a desejar. Na verdade, esse é um preconceito gerado por uma desinformação popular, que muitos contrários à homeopatia gostam de divulgar.

Já está comprovado que o tempo de reação do organismo é proporcional ao tempo da afecção: se estivermos diante de um processo agudo instalado em pouco tempo (por exemplo, uma pneumonia) teremos a resposta em poucas horas; porém, se a afecção estiver instalada há anos, revelando-se um processo crônico (como uma alergia), teremos a resposta do organismo em algumas semanas e a cura instalada em meses ou anos, dependendo de cada caso.

II- Homeopatia e patologias graves

Outro grande preconceito diz que devemos usar a Homeopatia em afecções benignas, onde não existe risco de vida, deixando a alopatia agir em patologias graves. Essa é mais uma avaliação sem sentido já que a rapidez da resposta do organismo frente ao medicamento homeopático em casos de patologias agudas pode retirar o animal do perigo eminente em curto espaço de tempo.

Assim, é preciso salientar o conceito de curável na homeopatia. Para o Homeopata não existe patologia incurável, o que pode existir é o indivíduo incurável, ou seja, aquele que com sua energia vital esgotada não responde à medicação.

Na homeopatia veterinária, não existem doenças incuráveis: nos casos de cinomose com comprometimento nervoso (afecção considerada incurável e indicada a eutanásia), por exemplo, freqüentemente os animais respondem em poucos dias ao tratamento a esse processo agudo e não apresentam seqüelas após estarem completamente restabelecidos.



1-2 >


Texto de: Maria do Carmo Arenales - Médica veterinária homeopata


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 
IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380
Artigos Relacionados
:.
:.
:.
:.
:.
Comentários