Jornal O Legado

Tamanho da letra

Vendas de medicamentos registraram crescimento de 15,8% em 2012


• O setor farmacêutico, considerado um dos mais promissores atualmente, registrou faturamento de R$ 49,6 bilhões em 2012

• Genéricos alcançaram os R$ 11,1 bilhões

Que 2012 foi um ano de crescimento para o setor farmacêutico não é segredo. Diariamente milhões de brasileiros procuram por algum tipo de medicamento exposto nos balcões e prateleiras das farmácias e drogarias do país. Este aquecimento nas vendas resultou em bons resultados, que possibilitaram fechar o ano anterior com resultados muito positivos.
 
O setor farma, que tem perspectivas de dobrar suas vendas nos próximos cinco anos, de acordo com dados da IMS Health, em 2012 alcançou um faturamento de R$ 49,6 bilhões, apresentando crescimento de 15,8% em relação ao ano anterior. Os genéricos também tiveram desempenho positivo neste mesmo período e o faturamento chegou aos R$ 11,1 bilhões, apontando crescimento de 26,8%. Já os medicamentos de forma geral, em volume de unidades de medicamentos em 2012 tiveram crescimento de 10,6%, enquanto os genéricos cresceram 16,7%, ambos em relação a 2011.
 
Responsáveis por grande parte deste aquecimento no setor farmacêutico, os associados da Abradilan (Associação Brasileira dos Distribuidores de Laboratórios Nacionais) iniciaram 2012 com projeções positivas, e segundo pesquisa realizada pela entidade as perspectivas foram atendidas. No quadro de projeções, 10% dos associados acreditaram em um crescimento de até 10%, seguidos de 36,40% que apostaram em um aumento de 11 a 20% e uma boa fatia composta por 45% dos associados da entidade foi bem otimista, projetando crescimento acima dos 30%. Segundo o diretor executivo da Abradilan, Geraldo Monteiro, “o crescimento nas vendas de medicamentos em 2012 foi próximo ao projetado pelos associados da entidade”.
 
Presentes em 23 estados, os 128 associados da Abradilan sentiram esse impacto positivo na movimentação das vendas, devido a grande fatia que ocupam nas farmácias e drogarias em todas as regiões do país. Hoje, com 6.925 funcionários contratados para atenderem a demanda, representam 22% da distribuição dos genéricos e 13% de medicamentos em geral, com visitação a 77% da 71 mil farmácias e drogarias no Brasil, sendo elas, 82% na região Sudeste, 75% na região Sul, 80% no Nordeste, 83% no Centro-Oeste e 34% no Norte do país. 
 





Texto de: A.I. Versátil – 12-02-2013


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 
IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380
Artigos Relacionados
:.
Comentários