Psicologia

Tamanho da letra

Os primeiros sete anos

Tenho uma crença, de que a Psicologia foi trazida ao planeta terra, com uma única finalidade: tirar-nos do lugar comum, e nos dar condições de alargarmos nossos horizontes, e nos percebermos como individualidades, como ser da Unicidade, que é muito semelhante ao que Jung diz, com seu processo de Individuação, onde a pessoa se percebe como um indivíduo único, com todo seu potencial a ser desenvolvido, e com direito e possibilidade de assim buscar sua felicidade, que está em seu interior.Creio, portanto, como psicólogo que sou, que todos nós, temos que fazer nossa parte. Mas qual é tua parte? Qual é minha parte? Podemos responder, que à parte de qualquer um de nós, é livrarmos nossas mentes, das Cristalizações Mentais.
Você sabe o que é cristalização mental? Já lhe ficou claro, ou ainda tem dúvidas? Bem, vamos lhe ajudar... Cristalizações Mentais são comportamentos aprendidos, por imitação, ou mesmo trauma, que ficam registrados em nossa mente, e sempre o repetimos; indiscriminadamente, o repetimos, em todas as circunstâncias de nossas vidas. É um pensamento aprendido, que fica dentro de nossa mente, comandando nossas vidas, sem que a maioria das pessoas se dê conta do fato, ou saiba como mudá-lo.

Mas, qual é o motivo de não mudarmos o pensamento aprendido? Posso afirmar, que o novo, geralmente nos assusta. Temos medo do novo. O novo nos obriga a mudanças... Mudar dói, incomoda. O novo nos obriga a revermos nossa maneira de pensar e nossas verdades... Quem é que gosta de mudar uma de suas verdades?

Esta é uma grande armadilha do Ego. Olhem-se... Vejam quantas verdades vocês têm dentro do coração... Quantas delas são fantasiosas, mentirosas, inadequadas, mas você se agarra a elas, como tábua de salvação... Você não muda esta verdade, pois tem medo de não ser verdade o que você crê... Ela, a verdade, fica intocável, por isso, você não se conhece, tem passado uma vida cristalizada, em muitas ocasiões com sua alma doente, presa ao ego, ao apego, ao medo, que paralisam suas melhores possibilidades.

Bem, vamos tentar entender um pouco mais, como isto tudo começa. Desde o momento da concepção, ou seja, nove meses, antes de nascer, até quando completo sete anos, eu como Ser encarnado na Terra vivo minha primeira e maior aprendizagem, vou formando meu molde de vida, como nos diz a Antroposofia (estudo do conhecimento e da evolução do ser humano) de Rudolf Steiner, e aí encontramos uma explicação bastante interessante, que demonstra através do estudo de nossa evolução como se dá o aprendizado do ser humano em cada encarnação.

A Psicologia Transpessoal nos alerta que desde o momento de concepção, começa a se formar uma nova personalidade. Alguns dos nossos estudos indicam, que antes de nascermos, temos nossa mente consciente "apagada", ficando em estado latente no subconsciente, todas as nossas experiências anteriores. Tudo o que nossa mãe vive nos nove meses de gestação, vivemos junto com ela, e é nossa primeira aprendizagem na vida. Após o nascimento, a Antroposofia vem nos ensinar, que durante os primeiros sete anos, nossa mente é como uma espécie de absorvente, ou mata-borrão. Estamos com nosso chakra da coroa (a moleira) aberto, para entendermos, e gravarmos todos os fatos vividos, e a partir daí, criamos nossos novos mecanismos psicológico e de vida.

Assim acontece, pela necessidade que temos, de novo aprendizado; a moleira fica aberta até completarmos os sete anos, pois nesta fase já estamos amadurecidos para o aprendizado intelectual, e então, para que este aprendizado ocorra com equilíbrio, já devemos ter nossa raiz psicológica bem definida.

Então, eu sou assim... Assim como? Assim, deste jeito, desta maneira, ainda com estes sentimentos em meu coração, e com uma porção deles, arraigados, cristalizados, que não consigo me libertar. Você está disposto a se livrar de todos estes padrões cristalizados? Não sabe quais são? Vamos dar uma dica: “Apego - Insegurança - Medo, Rigidez, Ansiedade, Culpa, Arrogância, Prepotência, Dissimulação, Mágoa etc. Todos eles funcionam como mecanismos de defesa”.






Texto de Irineu Deliberalli - Psicólogo -


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 
IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380
Artigos Relacionados
:.
:.
:.
:.
:.
Comentários