Prof. Carlos Rosa

Tamanho da letra

O humor no dia-a-dia

 

Se você quer governar o mundo com
tranqüilidade,
é preciso mantê-lo divertido.
Ralph Waldo Emerson

 

O humor é uma poderosa ferramenta administrativa. Com ele, pode-se atrair atenção, criar entendimento e aumentar a retenção de uma mensagem. O humor também pode aliviar tensões, melhorar relacionamentos e motivar as pessoas, se usado corretamente. No mundo competitivo de hoje em dia, o sucesso exige o desenvolvimento de todo o nosso potencial. Qualquer habilidade adicional é importante. E o humor pode fornecer o diferencial para a vitória.
Você, amiga e amigo leitor já teve a oportunidade de lidar com alguém que realmente sabe usar o humor com eficiência? Alguém que realmente domina o assunto? Alguém que consegue entrar numa sala cheia de pessoas irritadas e aliviar a tensão com o gracejo perfeito? Alguém que demonstra ter perspicácia ao mesmo tempo modesta e engraçada nas situações mais estressantes? Essa pessoa poderia ser seu chefe, um cliente ou alguém com quem você lida diariamente. Poderia ser um colega ou um concorrente. Quem quer que seja, ele ou ela, sempre diz a coisa certa e engraçada na hora certa. E sempre sai ganhando.
Essas pessoas são os modernos guerreiros dos negócios, que usam seu senso de humor como uma armadura de ouro. Seu humor chama a atenção e as diferencia da multidão, além de protegê-las de eventuais ataques. É fácil identificar essas pessoas em qualquer grupo. Todos pedem seus conselhos. Todos dão um valor inestimável a suas opiniões. E, se elas ainda não chegaram ao topo, em pouco tempo estarão lá.
Por que é preciso ser naturalmente engraçado? Você já se perguntou o que faz com que essas pessoas usem o humor com tanto sucesso? Normalmente parte-se do pressuposto de que elas nasceram com um talento especial, que são “naturalmente” engraçadas. Ou você é engraçado ou não é, certo? Errado! Isso não passa de um grande mito que durou demais. É claro que algumas pessoas nascem com um talento especial para fazer com que os outros riam. É o caso de palhaços e comediantes. Mas, para várias outras pessoas, especialmente no mundo dos negócios, o humor é um traço adquirido. É uma habilidade que se aprende, se desenvolve e se aperfeiçoa.
Infelizmente, é grande o número de pessoas que acreditam no mito de que é preciso nascer com um talento especial para o humor. Talvez você seja uma delas. Talvez você ache que o humor está além da sua capacidade. Por que pensa assim? Por que não sabe contar uma piada? Por que não é naturalmente engraçado? Não sabe dizer uma gracinha? Não tem a personalidade correta? Não consegue fazer uma observação divertida? Fica pouco à vontade com o humor? Está velho demais para desenvolver uma nova habilidade?
Pare de se preocupar. Não é preciso ser comediante para usar o humor com sucesso. Tudo o que você precisa é ter senso de humor – e saber comunicá-lo.
Você já trabalhou com alguém que parecia não ter senso de humor? São pessoas que nunca sorriem, nunca reagem a observações engraçadas e muito menos fazem esse tipo de observação. São sempre muito sérias. E normalmente os outros tentam diminuir ao máximo seu contato com elas. Até que um dia, sem mais nem menos, elas sorriem ou até dão uma gargalhada ao ouvir uma gracinha de alguém. O efeito é incrível. De repente elas se transformam aos nossos olhos. Quer dizer que elas têm senso de humor! Revemos nossa opinião a seu respeito. Talvez elas não sejam tão más assim.
Está na hora de fazer uma distinção importante: ser engraçado é diferente de mostrar senso de humor. Todos conhecemos alguém que não sabe contar piadas, mas sabemos que isso não o impede de ter senso de humor. Essa pessoa pode não saber contar a piada, mas sabe entendê-la; ela se diverte com o humor dos outros.
Se você deseja comprovação científica destas alusões de bom senso sobre o humor, o que não faltam são pesquisas recentes. A Robert Half International, uma das maiores empresas de recursos humanos dos EUA, fez recentemente uma pesquisa junto às 100 maiores empresas americanas e o resultado foi: 84% dos funcionários com senso de humor fazem um trabalho melhor do que aqueles com pouco ou nenhum senso de humor. Esta organização interpretou a pesquisa da seguinte maneira: “As pessoas com senso de humor tendem a ser mais criativas, menos rígidas e mais dispostas a considerar e a incorporar novas idéias e métodos”. Em outras palavras, ter senso de humor pode trazer vantagens para a sua carreira.
A Hodge-Cronin & Associates Inc. (também nos EUA) com 737 principais executivos de grandes corporações chegou a resultados semelhantes. 98% das pessoas que responderam preferiam contratar uma pessoa com senso de humor a outra sem.
Se o humor é tão determinante, então por que não é usado com maior freqüência por gerentes e executivos? Existem duas respostas a esta pergunta: a primeira é que o humor é usado com freqüência por certo tipo de gerentes: “aqueles bem sucedidos”. A segunda é a nossa cultura do medo, do temor de que o “feitiço se vire contra o feiticeiro”.
Bem, o espaço chegou ao fim e, antes de terminar, quero lhe contar aquela do…

Professor Carlos Rosa: Contato: (11) 5584-7378 





Texto de: Prof. Carlos Rosa


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 
IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380
Artigos Relacionados
:.
:.
:.
:.
:.
Comentários