Corpo e Mente
Rapidinhas
Atibaia - cidade dos morangos
Procurando terapias leia o Jornal O Legado
Quatro dicas para aumentar o seu nível de felicidade

Quatro dicas para aumentar o seu nível de felicidade



Você verdadeiramente se considera uma pessoa feliz?
Qual é a tua definição de felicidade?

Existe uma nova área da ciência, a Psicologia Positiva, que vem estudando os níveis de felicidade e quais são os meios para que as pessoas consigam atingir esse estado tão desejado por todos.
Abaixo quatro dicas para você colocar em prática a partir de hoje, aumentando exponencialmente os seus níveis de felicidade:

1 – Exercite a gratidão
Nesse caso eu quero falar de atitudes, comportamentos e pensamentos simples que podem e de fato irão modificar os seus níveis de gratidão, elevando assim o seu nível de felicidade também. Primeiro passo é entender o que te motiva de maneira verdadeira a ser uma pessoa mais positiva e agradecida pela vida.
Entenda o porquê de você fazer o que faz, qual é o propósito que motivam as suas ações e pensamentos no dia-a-dia?
Existe um exercício muito recomendado, pois efetivamente fez muita diferença em minha vida, que se chama diária da gratidão. É um caderno que escrevemos a noite os motivos para ser gratos por coisas que nos aconteceram durante o dia, coisas simples, como uma boa conversa, um sorriso inesperado, o amor de alguém. Escrever nos faz ter outro grau de entendimento e percepção das coisas, você topa o desafio de ter um diário de gratidão?
Pesquisas indicam que após 21 dias usando o diário de gratidão os resultados de satisfação pessoal e felicidade sobem de maneira exponencial.


2 – Confie em sua capacidade
Qual o seu nível de confiança em relação a sua capacidade de execução durante o seu dia?
Se fosse possível dar uma nota de 0 a 10 quanto você daria para o seu desempenho como:
Chefe?
Pai/Mãe?
Amigo (a)?
Funcionário (a)?
Filho (a)?
Ter clareza de quem somos e do que realmente somos capazes é altamente satisfatória e positivo, quando temos esse tipo de consciência sabemos exatamente quais são os nossos pontos fortes e podemos usar da melhor maneira possível e da mesma maneira sabemos quais são todos os nossos pontos de melhoria e podemos de maneira consciente trabalhar neles pra que nossa evolução seja continua e permanente.

3 – Descubra suas habilidades
O que você realmente gosta de fazer? O que realmente te faz brilhar os olhos quando está executando? Você entende quais são suas principais habilidades e como você deve usá-las durante o dia?
Existem muitas pessoas tentando se adequar a padrões que nada combinam com as próprias habilidades, seria como colocar um peixe em uma árvore e dizer que ele é burro por não saber voar, e nem ter coragem de saltar.

4 – Esteja próximo de pessoas positivas
Estar próximo de pessoas que exalam otimismo, positividade e bom humor nos afeta de maneira direta. Pesquisas indicam que somos a média das cinco pessoas com quem mais convivemos, faça essa lista e trace um mapa sobre as qualidades e os pontos de melhorias dessas pessoas que tenho absoluta certeza que ao final da lista será como se estivesse fazendo uma descrição pessoal.

Assim como a positividade e o otimismo contagiam o ambiente, o mesmo vale para o pessimismo e a negatividade. Tudo é uma questão de perspectiva e escolha, qual é a tua escolha?

Fonte: Vinicius Lopes - Treinador Comportamental; formado em comunicação social; pós-graduado em Psicologia Positiva e Master Coach Site: http://viniciuslopestreinamentos.com/ - E-mail: contato@viniciuslopestreinamentos.com


Participe do grupo do Jornal O Legado no Facebook     -     clique aqui

Para ler, gratuitamente, a edição deste mês do Jornal O Legado Corpo e Mente      -     clique aqui

Quer ler, gratuitamente, a edição do mês passado?      -     clique aqui 

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2019
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto de: Camilla Bordon Assessora de imprensa - Junho 2019

Artigos Relacionados