Corpo e Mente
Rapidinhas
Atibaia - cidade dos morangos
Procurando terapias leia o Jornal O Legado
Roberta pede criação de “Casa Abrigo” para mulheres vítimas de violência doméstica

Roberta pede criação de “Casa Abrigo” para mulheres vítimas de violência doméstica

Roberta Barsotti pede à Prefeitura que seja criada em Atibaia uma “Casa Abrigo” para mulheres vítimas de violência doméstica

Vereadora também parabenizou o “Festival Culturar-te Atibaia em Casa”, que está promovendo lives de artistas locais nesta época de quarentena



        
05/06/2020 - Na sessão desta terça-feira (26 de maio), a vereadora Roberta Barsotti encaminhou ao Poder Executivo uma indicação solicitando a criação de uma “Casa Abrigo” voltada à mulher vítima de violência doméstica no município.
        
“Como é sabido, Atibaia não possui qualquer residência temporária paras as mulheres que sofreram violência doméstica e muitas delas não possuem outro lugar para ficar, como casa de parentes, sendo obrigadas em muitos casos, por falta de apoio do Estado, a retornarem ao lar de seu agressor. Tendo em vista que nesse momento de isolamento social, por conta da atual pandemia, tem-se observado um aumento significativo da violência doméstica no Estado de São Paulo, é medida imprescindível que Atibaia tenha um abrigo para promover o atendimento dessas vítimas”, explicou.
        
Esta Casa Abrigo atuaria em parceria com o Centro de Referência da Mulher, que prestaria apoio através de assistência social, psicológica e jurídica. Tal providência, inclusive, estaria em conformidade com o artigo 35, inciso II, da Lei Maria da Penha que preceitua que “a União, o Distrito Federal, os estados e os municípios poderão criar e promover, no limite das respectivas competências, casas abrigos para mulheres e respectivos dependentes menores em situação de violência doméstica e familiar”.

Festival Culturar-te Atibaia em Casa
        
Roberta Barsotti também parabenizou o Poder Executivo, a Secretaria de Cultura, a Secretaria de Comunicação e o Conselho de Políticas Culturais de Atibaia (COMPOCAT) pela viabilização do Festival Culturar-te Atibaia em Casa, inciado no dia 24 de maio.
        
“Assim que começou a quarentena, os artistas locais já pleitearam o edital emergencial deste festival, uma vez que a área cultural foi uma das mais afetadas pela pandemia, em virtude do cancelamento de todos os eventos artísticos, como shows e peças teatros, além do ensino presencial destas atividades. Portanto, este festival foi criado para valorizar os artistas da cidade e fomentar à Cultura, que é fundamental em qualquer tempo e lugar, promovendo educação, lazer e entretenimento à sociedade. Agradeço a todos os envolvidos pelo empenho neste lindo projeto”, atestou.



© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2020
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto de: Departamento de comunicação da Prefeitura de Atibaia - 05/06/2020

Artigos Relacionados