Dirigentes
Rapidinhas
Guia do Buscador - 26 anos de publicação - Terapias, Esoterismo, Ciência e Ocultismo
Projetar um dia positivo e ser grato pode mudar o condicionamento cerebral

Projetar um dia positivo e ser grato pode mudar o condicionamento cerebral

Especialista brasileiro ensina práticas que podem ser feitas ao acordar e na hora de dormir para recondicionar o cérebro para um estado emocional mais positivo



Um estudo do Centro de Pesquisas de Mindfulness e Awareness da Universidade UCLA (Califórnia) - que utilizou exames de Imagem por Ressonância Magnética em 180 pessoas - mostra que as práticas de visualizações positivas e de exercícios de gratidão podem contribuir para transformar a estrutura molecular do cérebro. De acordo com o estudo, as pessoas que cultivavam essas práticas, perceberam que passaram a viver mais felizes e mais saudáveis.

“Todo sofrimento se dá porque as pessoas brigam com a realidade ao invés de agir na realidade. Existe uma diferença brutal. É um aspecto simples, mas muito transformador. Aceitar dessa forma a realidade não nos desempodera. Quando paramos de reclamar, ficamos mais presentes e muito mais proativos”, afirma Fernando Gabas, criador do Protocolo Life Matters, que orienta pessoas a aprofundar sua jornada interior em diversos países do mundo. Segundo Gabas, estados emocionais ligados a transtornos de ansiedade, estresse, medo, raiva, entre outros comportamentos limitantes que são verdadeiras resistências a fatos da vida, podem ser alterados com práticas de meditação.

“O cérebro não tem interesse em nos fazer feliz, e sim em sobreviver. Ele é um teflon para as experiências agradáveis e uma esponja para as desagradáveis. Isso porque ele alerta para os perigos, prestando mais atenção para o que nos fará mal, do que bem, o que era válido quando vivíamos no meio da selva. É preciso então reprogramar esse condicionamento primitivo”, explica.

O especialista completa, que enxergar problemas e dificuldades a qualquer fato que acontece, faz com que os circuitos neurais que determinam os padrões de comportamento se solidifiquem nesse condicionamento. “O recondicionamento neural funciona como uma mudança de trilha em um terreno baldio. Se você começar a trilhar outro caminho, com o tempo a mata começa a crescer naquela trilha antiga e começa a ceder por onde começou andando. De repente, você criou uma nova trilha e sua vida passa a ser com base em ações que advém de um outro estado emocional”.

Reprogramando o condicionamento primitivo do cérebro

Gabas, que orienta novos e já adeptos meditadores a expandir a consciência por meio de uma série de práticas e insights, afirma que há dois momentos do dia que são essenciais para a transformação do estado emocional.

Entre as sugeridas está a que ele chama no protocolo de Magic Moments (momentos mágicos), que propõe a visualização de momentos marcantes do dia acontecendo de forma positiva: um café da manhã com a família, o beijo no companheiro, o cumprimento aos colegas de trabalho, bem como de pessoas importantes que fazem parte da rotina. A prática é indicada para ser feita ao acordar, antes de sair da cama.

Outra meditação indicada como essencial para contribuir com a ruptura de comportamentos limitantes é o Espírito da Gratidão, ideal para ser realizada antes de dormir e na qual é proposta uma nova abordagem sobre o agradecimento.

Ambas as práticas são guiadas, por meio de áudios disponibilizados no próprio protocolo, com duração aproximada de 10 minutos. “Alguns meditadores, depois de um tempo, seguem a prática mais livremente, às vezes em um tempo menor, ou mesmo encaixando entre outros exercícios”, informa.

Ao acordar, projete o seu dia

A coach Fernanda de Fiori, 48 anos, participante do Protocolo Life Matters, pratica a visualização de momentos diários por cerca de cinco minutos ao acordar, imaginando sua interação com as pessoas da forma mais positiva possível o que, para ela, tem funcionado. “Vejo a vida como uma tela e a minha mente como o projetor para só enxergar os frutos que quero colher. Isso interfere na forma pela qual me comporto e, quando reajo de forma diferente, rapidamente me adequo”, ressalta.

Gabas observa que, quando se pergunta quais os acontecimentos marcantes da vida, a maioria das pessoas cita de quatro a cinco fatos, geralmente: casamento, nascimento dos filhos, viagens, às vezes de uma vida de 90 anos. “Isso porque vive-se no automático. Um dos objetivos das práticas meditativas é trazer presença e transformar a vida em uma predominância de momentos mágicos”, frisa.

Bernardo Hiragami, 43 anos, é especialista em estruturação de negócios, ajudando empresários nas oportunidades e nos perigos do mercado. “Faz parte de minha atividade, por exemplo, prever e prevenir cenários ruins. E via meu estresse como uma qualidade, razão pela qual sempre tive receio de meditar e ficar calmo demais. Achava que isso iria enfraquecer minha habilidade e, portanto, uma das melhores contribuições que posso oferecer aos meus clientes. Por insistência de amigos, comecei a meditar. O início foi muito difícil, não via a hora do instrutor falar “ok, abra os olhos”. Prossegui e comecei a meditar por 20 minutos, depois 40 minutos. Algumas semanas depois, sentia vontade de ficar mais tempo. A projeção do dia, cheguei a fazer todas as manhãs e, no início, me viciei um pouco nesse exercício, por possibilitar uma boa rédea do dia, pois é praticamente uma programação neurolinguística”, conta.

Com quem você dorme é com quem você acorda

Seja grato. Se você dorme com o espírito de gratidão, você acorda com isso. Robert Emmons e Michael McCullough, das Universidades da Califórnia e Miami, respectivamente, ativos estudiosos dos benefícios da gratidão, pediram a participantes que escrevessem algumas frases por semana, concentrando em tópicos específicos. O grupo de pessoas escreveu sobre coisas pelas quais eram gratas, que tivessem ocorrido durante a semana. O segundo grupo escreveu sobre fatos que tinham sido desagradáveis. Já o terceiro, sobre eventos que os tinham afetados positivamente ou negativamente. Após 10 semanas aqueles que escreveram sobre gratidão ficaram mais otimistas e se sentiram melhor em suas vidas. Ainda se exercitaram mais e tiveram menos visitas a médicos do que aqueles que se concentram em fontes negativas.

“Trato a gratidão com uma conotação um pouco diferente do que as pessoas comumente usam. Ser grato não é ficar dizendo gratidão para tudo, isso até virou piegas. Nossa abordagem é incentivar uma consciência de interconexão, porque tudo o que acontece em nossa vida tem a participação de milhares de pessoas. Propomos minutos de prática para que possamos reconhecer o quanto temos a agradecer, sem entrar na armadilha de depositar a nossa felicidade sempre nas expectativas que criamos. É importante trocar expectativas por agradecimento”, esclarece o especialista.

“Hoje já existem centenas de estudos comprovando a correlação entre práticas de gratidão e visualizações positivas com um aumento do bem-estar, da felicidade e até do estado de saúde. O que nós fizemos no protocolo foi trazer essa ciência para práticas altamente impactantes e simples de serem incorporadas no dia-a-dia.”, elucida Gabas que, além da prática chamada Espírito da Gratidão, propõe atividades que complementam essa experiência, como a redação de cartas de gratidão, atos de bondade, entre outros exercícios guiados.

“Pela minha educação nipônica, sempre fui doutrinado a agradecer. Mas o protocolo apresenta uma gratidão mais abrangente, não só pelas pessoas, mas pelas coisas: pelo ar, pela água, pela natureza. Era muito grato aos outros e zero grato às coisas. Essa prática foi uma das fundamentais para a ‘virada’ de minha cabeça, enfatiza Hiragami.

Fonte: www.lifematters.com.br

Participe do grupo do Jornal Excelsior no Facebook - clique aqui

Você já leu a edição deste mês do Jornal Excelsior? Clique aqui para ler

Quer ler a edição do mês passado? Clique aqui e leia gratuitamente.

© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2020
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto de Taiane Luz e Cynthia Trevisani da C3COM Comunicação – Fevereiro 2020

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4418-6150

Formulário de contato

Guia do Buscador
  • Desde 1993 de atuação no
  • setor esotérico e das
  • terapias holísticas
Informativo