Dirigentes
Rapidinhas
Guia do Buscador - 26 anos de publicação - Terapias, Esoterismo, Ciência e Ocultismo
Ano novo astrológico e o coronavírus

Ano novo astrológico e o coronavírus



O que o céu do momento nos diz e recomenda sobre tudo isso

Dia 20 de março começou mais um ano novo astrológico. Infelizmente, esse não tem sido o melhor momento das nossas vidas. Não é à toa que ouvi de alguns astrólogos que tiveram a paciência (e generosidade) de olhar bem mais adiante e terem falado que este ano de 2020 poderia ser o pior do século.

De fato, vivemos tempos sombrios. Já falamos sobre o céu de 2020 há muito tempo. Sabíamos que seria um momento difícil, desafiador, crítico e que de alguma maneira eventos coletivos teriam impacto na vida de cada um de nós. O que talvez não tenhamos imaginado é que tudo isso aconteceria de forma tão literal.

2019 já não foi o ano mais fácil do mundo

Ouvimos muitas vezes os pedidos aflitos de quem desejava que 2019 chegasse logo ao fim. Nós, astrólogas e astrólogos, falávamos: calma, 2020 pode ser pior. Infelizmente está sendo.

Durante todo ano de 2019, alertamos sobre a necessidade de mudar hábitos, rotinas, valores. De rever, repensar, mudar tudo. Há muito tempo falamos sobre a necessidade de assumir a responsabilidade por tudo que está acontecendo no mundo, da importância de cada um fazer a sua parte.

Bom, se isso era uma sugestão ou pedido em 2019, em 2020, na marra, virou uma obrigação. E é bom que cada um de nós saiba disso, porque as consequências, agora, infelizmente não estão lá longe de nós.

Tivemos uma sequência poderosa de eclipses

Em 2019, eclipses intensos no eixo Câncer Capricórnio anunciavam tempos mais complicados. Esse ciclo que agora chega no ápice teve início com aquele eclipse de janeiro de 2019, que trouxe eventos importantes que chamaram nossa atenção (como a tragédia de Brumadinho, por exemplo). Desde então, sabíamos que de lá pra cá muita coisa podia acontecer. Tivemos outros eclipses então (todo ano acontecem de 4 a 6 eclipses).

Em dezembro, um eclipse em Capricórnio daria início a um ano crítico que estava por começar. No ápice do ciclo iniciado com o eclipse de dezembro, mas já em 2020, um eclipse lunar no início do mês marcaria o início de um momento ainda mais desafiador.

Relembre as influências dos últimos eclipses

Os eclipses ativaram (e potencializaram muito) a grande conjunção que já estava próxima de acontecer, entre saturno e plutão

Esse eclipse lunar de janeiro ativou em cheio a conjunção entre Saturno e Plutão que aconteceria logo em seguida. Essa conjunção é o coração de tudo, o principal aspecto sobre o qual temos que falar neste momento. Por si só, é um indicador de tempos difíceis e esteve presente me momentos críticos da história, especialmente guerras, catástrofes, pestes, crises econômicas, entre outras coisas complicadas e que marcaram a história do mundo, em geral trazendo grandes crises e desafios, seguidos de grandes e necessárias mudanças.

Júpiter também se uniria a saturno e plutão

Com a chegada de Júpiter ao signo de Capricórnio, as coisas certamente ficariam mais complicadas. Júpiter não está em uma posição muito confortável neste signo. Ao invés de expandir, pode limitar, ou amplificar justamente aquilo que já está acontecendo.

Saiba mais sobre as influências de Júpiter neste momento

O encontro exato entre Júpiter e Plutão será em abril, enquanto que entre Júpiter e Saturno só no fim de 2020, mas como em março estão todos em graus relativamente próximos, sabemos que essa influência tem seu pico neste momento, até porque o mapa do início do ano novo congela este grande encontro de poderosos – Plutão, Saturno, Júpiter e, para completar e potencializar tudo, Marte.

Júpiter/Saturno e Júpiter/Plutão são aspectos presentes em momentos históricos decisivos, especialmente ciclos econômicos e políticos (especialmente Júpiter/Saturno) e tecnológicos (especialmente Júpiter/Plutão).

Entenda o que cada um desses planetas e ciclos quer dizer em astrologia mundial

Ainda temos Marte “cutucando” cada um desses poderosos

Marte tem seus significados próprios em Astrologia Mundial, mas é também considerado o grande disparador. Costuma potencializar as coisas e só o fato de encontrar Júpiter, Saturno ou Plutão já traria acontecimentos significativos. Neste momento, encontra os três praticamente ao mesmo tempo. Não é à toa que estamos vivendo tempos tão difíceis.

Os encontros exatos acontecem: Marte e Júpiter em 20/03, Marte e Plutão em 23/03, Marte e Saturno em 31 de março. Logo em seguida, dia 04/04, Júpiter e Plutão têm seu encontro exato.

O período mais crítico pode ser também o mais decisivo

Este período – 20/03 a 20/04 – tende a ser o mais crítico de todos. E também o mais decisivo. A depender de como vamos lidar com tudo nesse período, podemos ter uma melhora – lenta, bem lenta – a partir de maio. Mas também podemos piorar as coisas de um jeito tal, que levará muito tempo para que possamos de fato reverter as coisas.

Vale lembrar que ainda teremos muitos aspectos críticos até o fim de 2020 e em 2021 e que fazer essa pausa nesse momento e repensar tudo, agindo de acordo com o necessário, é realmente decisivo para que as coisas não piorem.

Funciona mais ou menos assim: podemos piorar ou pelo menos não deixar que as coisas cheguem num limite irreversível.

Onde o coronavírus entre nisso tudo?

Bom, imagino que nessa combinação de aspectos. São aspectos que falam sobre momentos de pestes, guerras, falta de abastecimento, problemas com os serviços básicos, grandes catástrofes e outras coisas que possam trazer medo, fome, aumento da violência, luta por sobrevivência e, infelizmente, aumento do número de mortes.

Plutão, que rege tudo aquilo que é pequeno e poderoso, poderia representar este vírus, provavelmente disseminado de forma mais rápida e difusa por vivermos em tempos de Netuno em Peixes.

Netuno, em Peixes, há anos vem trazido alertas sobre questões de saúde pública, doenças virais e/ou causadas por mosquitos, questões ligadas à água (vejam quanta contaminação de águas e líquidos tivemos nos últimos tempos e à higiene pública, entre outras tantas coisas que estamos vendo neste momento tão crítico.

Essa conjunção entre os quatro planetas – Marte, Júpiter, Saturno e Plutão – é o ápice de vários ciclos que já vem sendo anunciados a tanto tempo. Pena que a gente não entendeu os recados e não fez nada para mudar tudo isso antes.

No Brasil, tudo isso acontece na casa 12

No caso especificamente do Brasil, tudo preocupa ainda mais. Estamos de fato diante de um sistema de saúde que pode colapsar a qualquer momento. Temos grande quantidade de população carente e vulnerável. Temos questões políticas e econômicas e sociais graves. E agora tudo isso está sendo posto à prova. Não será fácil atravessar essa crise.

E o que podemos fazer agora?

A primeira regra é não entrar em pânico, apesar de esse ser um dos principais temas do momento. Chegamos naquele futuro distante que os filmes de ficção científica previam. Estamos, provavelmente, em um dos momentos mais difíceis das nossas vidas. Mas não podemos entrar em pânico.

Temos que lembrar que a principal tônica é capricorniana e devemos agir de forma saturnina. Um dia de cada vez. Com calma, paciência, respeito aos tempos e limites (há quanto tempo falamos sobre isso?). É hora de desacelerar. E repensar tudo.

Ainda temos Urano em Touro, que vem nos pedindo para rever com urgência os valores, as formas de produção e consumo, pra gente se mexer.
Temos que atender a recomendação de ir para casa. Não é à toa que Nodo Norte está em Câncer, no oposto de tudo isso, levando as pessoas para casa: para cuidar da sua casa, da sua família, dos seus queridos, da sua vida. Mas lembrando que o Nodo Sul está lá em Capricórnio, envolvido em tudo isso, lembrando que estamos, agora, arcando com as consequências do que fizemos ou deixamos de fazer antes. É hora de assumir sua responsabilidade e fazer a sua parte, pelo bem de todos.

No caso específico do Brasil, a população deve de fato ir para o isolamento – casa 12 – se não quer enxergar da pior maneira possível tudo aquilo que não queria ver antes (todos os outros assuntos que envolvem essa casa).

E lembrar que existem saídas, sempre, e que estamos juntos nessa!

É bom lembrar que sempre existem os que prosperam em tempos de crise. Não precisamos parar a vida. Apenas mudá-las. Rever hábitos, repensar tudo. Agora é hora de ter em casa o que é essencial (mas lembre-se de não estocar comida pra vida inteira: nem todos têm como fazer isso e é importante pensar nos outros em um momento como esse). É hora de repensar a economia e pensar – e, quem sabe, criar, novas economias. Negócios online podem viver uma maré boa, na linha do que Urano em Touro vinha anunciando. Aspecto esse, aliás, que também falava muito sobre economia colaborativa – acho que esse é um bom momento para estarmos de fato em rede e podermos nos ajudar.

Lembrem-se dos outros, cuidem do mundo. Cuidemos também dos idosos: estamos perdendo muitos deles, tal qual esse grande aspecto em Capricórnio infelizmente poderia prever. O mesmo com relação a todos que são mais carentes e vulneráveis.

Cuidemos bem de tudo. Não entremos em pânico. Seguimos juntos.

É tanta coisa pra falar, analisar, pensar… sigo trazendo notícias sempre que possível, aqui e em todos meus outros canais e redes.

Que seja só uma fase. Tudo é ciclo. Tudo passa. A diferença está em como vamos atravessar, e superar… e como estaremos ao chegar lá do outro lado. Vamos nos fortalecer, vamos juntos, vamos fortes, vamos em frente, com calma, com o tempo, um dia de cada vez.

E, lembre-se, cuidar da Terra inteira nunca esteve tanto em suas mãos.


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2020
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4418-6150

Autoria

Texto de: Titi Vidal Astróloga, Taróloga, Radiestesista, Constelações Sistêmicas/Familiares - (11) 3255-5068 - www.titividal.com.br - Abril 2020

Artigos Relacionados

Contato

+55 11 4418-6150

Formulário de contato

Guia do Buscador
  • Desde 1993 de atuação no
  • setor esotérico e das
  • terapias holísticas
Informativo