Saúde

Tamanho da letra

Rinite - Saiba sobre as causas e algumas soluções

O nariz exerce funções importantes no organismo como olfação, respiração e condicionamento do ar respirado. As fossas nasais preparam o ar inspirado para ser conduzido aos pulmões, comunicando-se e interagindo com os seios da face, faringe, ouvidos e olhos. Conseqüentemente, a harmonia entre eles é vital para o bom desempenho deste sistema integrado. Quando ela não existe, em função da rinite alérgica, por exemplo, complicações como as sinusites, otites, infecções oculares e até mesmo crises de asma brônquica podem ocorrer.
A rinite alérgica afeta cerca de 20% da população, com frequência acentuada nos dias frios e nas mudanças bruscas de temperatura. Apresenta ainda, forte caráter genético, com alta incidência entre membros da mesma família. Tem início em qualquer idade, sendo mais comum nas crianças e adolecentes.
Atualmente, a rinite alérgica é considerada um processo inflamatório do revestimento interno do nariz e a repetição das crises agudas, leva à perpetuação da doença, fruto da inflamação crônica instalada. Quando deixada evoluir livremente pode comprometer a qualidade de vida, ajudar a aumentar as estatísticas das sinusites e otites médias, contribuindo em determinadas ocasiões para o crescimento desarmônico crânio-facial.

Do ponto de vista clínico a rinite alérgica apresenta os seguintes sintomas: coceira e irritação no nariz, espirros, corisa e obstrução nasal. Geralmente, surge após inalação de substâncias provocadoras de alergia como a poeira, ácaros, mofo, pêlo de cão e gato... Em muitos casos a rinite alérgica pode ser confundida com gripes e resfriados. Assim, desconfie de alergia respiratória quando ocorrerem freqüentemente.

Comprovado o diagnóstico - o que pode ser feito através de testes alérgicos e outros exames complementares - o tratamento deve ser de pronto iniciado:

1. PREVENÇÃO - A higiene ambiental reduz a exposição do paciente aos desencadeantes e irritantes, diminuindo assim as possibilidades de haver crises alérgicas. A higiene adequada das fossas nasais também deve ser incentivada, porque facilita a drenagem, atua como descongestionante e promove alívio da obstrução nasal.

2. MEDICAMENTOS - A escolha dos medicamentos usados deve ser feita pelo médico, pois, o uso inadequado dos descongestionantes e corticosteróides podem prejudicar a saúde. Efeitos colaterais como hipertensão arterial, taquicardia e estimulação do Sistema Nervoso Central, podem surgir com o uso crônico dessas drogas.

3. IMUNOTERAPIA - A prescrição de vacinas é fundamental. O propósito delas é diminuir a sensibilidade dos pacientes aos agentes provocadores de crises alérgicas (poeira, ácaros, fungos...).

Concluindo, a rinite alérgica pode afetar significativamente a saúde. Daí, a importância em preservar o bom funcionamento do nariz, de vez que, constitui-se na primeira linha de defesa do aparelho respiratório contra os agentes agressores ambientais. Consulte seu alergista de confiança para outros esclarecimentos ou quando julgar necessário fazê-lo.





Texto de: Dr. Marco Aurélio Paiva - © direitos reservados ao autor proibida a reprodução - www.drmarcoaureliopaiva.com.br


© É proibida a reprodução, cópia, republicação, redistribuição e armazenamento por qualquer meio, total ou parcial © Copyright 1992 a 2018
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações relacionadas à saúde, contidas em nossos sites, tem caráter informativo, cultural e educacional. O seu conteúdo não deverá ser utilizado para autodiagnóstico, autotratamento e automedicação. Nossos conteúdos são formados por autores independentes e assessorias de imprensa, responsáveis pela origem, qualidade e comprometimento com a verdade da informação. Consulte sempre um profissional de saúde para seus diagnósticos e tratamentos ou consulte um profissional técnico antes de comprar qualquer produto para sua empresa.
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As informações publicadas, nos sites/portais, são de responsabilidade de seus autores e não refletem necessariamente a opinião da
 
IAOL - Integração Ativa On-Line Editora Ltda. (11) 4411-6380
Artigos Relacionados
:.
:.
:.
:.
Comentários